Início » ASP.NET » Iniciando com ASP.NET Web Forms 4.5 – Parte 2 – Criando o Projeto

Iniciando com ASP.NET Web Forms 4.5 – Parte 2 – Criando o Projeto

Nesse tutorial você irá criar, revisar, e executar o projeto padrão no Visual Studio, que permitirá que se familiarize com as características do ASP.NET. Também irá revisar o ambiente do Visual Studio.

1 O que aprenderá:

  • Como criar um novo projeto Web Forms.
  • A estrutura de arquivos do projeto Web Forms.
  • Como executar o projeto em Visual Studio.
  • As diferentes características da aplicação padrão Web Forms.
  • Alguns conceitos básicos de como usar o ambiente do Visual Studio.

2 Criando o Projeto

  1. Abra o Visual Studio.
  2. Selecione New Project do menu File no Visual Studio.
  3. Figura 1 - Parte 2

  4. Selecione Templates  Visual C#  Web do grupo de templates do lado esquerdo.
  5. Escolha o template ASP.NET Web Application na coluna do meio.
  6. Nomeie seu projeto como WingtipToys e clique no botão OK.
  7. Figura 2 - Parte 2

    Nota: o nome do projeto nesse tutorial é WingtipToys. É recomendado que você use exatamente o mesmo nome de projeto para que o código fornecido através do tutorial funcione como esperado.

  8. Selecione o template Web Forms e clique no botão Create Project.
  9. Figura 3 - Parta 3

Levará um tempo até que o projeto seja criado. Quando estiver pronto, abra a página Default.aspx.

Figura 4 - Parte 2

Você pode mudar entre Design e Source view selecionando uma opção no fundo da janela do centro. Design view exibe páginas ASP.NET, master pages, páginas de conteúdo, páginas HTML, e controle de usuário usando a visão WYSIWYG (What You See Is What You Get). Source view exibe a marcação HTML para sua página web, que você pode editar.

3 Entendendo o ASP.NET Framework

ASP.NET Web Forms te permite construir websites dinâmicos usando o modelo familiar drag-and-drop e event-driven. A superfície do design e milhares de controles e componentes te permite criar rapidamente sofisticado, poderosa interface gráfica com acesso a dados. A loja Wingtip Toy é baseada no ASP.NET Web Forms, mas muitos dos conceitos que você aprenderá nessa série de tutoriais são aplicáveis a todo ASP.NET.

ASP.NET oferece quatro frameworks de desenvolvimento primários:

  • ASP.NET Web Forms
    O framework Web Forms é o alvo dos desenvolvedores que preferem programação declarativa e baseada em controles, assim como Microsoft Windows Forms (WinForms) e WPF/XAML/Silverlight. Oferece um WYSIWYG modelo de desenvolvimento de design, então é popular com desenvolvedores olhando para um rápido ambiente de desenvolvimento de aplicação (RAD) para desenvolvimento web. Se você é novo em programação web e familiar com as tradicionais ferramentas de desenvolvimento cliente RAD (por exemplo, para Visual Basic e Visual C#), você pode rapidamente construir uma aplicação web sem ter experiência em HTML e JavaScript.

  • ASP.NET MVC
    ASP.NET MVC é o alvo para desenvolvedores que estão interessados em padrões e princípios como desenvolvimento de teste dirigido, separação de interesses, inversão de controle (IoC), e injeção de dependências (DI). Esse framework encoraja separação da BLL (Business Logic Layer – Camada de Regra de Negócios) de uma aplicação web da sua camada de apresentação.

  • ASP.NET Web Pages
    ASP.NET Web Pages é o alvo para desenvolvedores que querem um desenvolvimento web simples, ao longo de linhas do PHP. No modelo Web Pages, você cria páginas HTML e então adiciona código baseado em servidor a fim de controlar dinamicamente como a marcação é renderizada. Web Pages é especificamente desenhada para ser um framework leve, e é o ponto de entrada mais fácil para o ASP.NET para pessoas que conhecem HTML mas não tem experiência em programação – por exemplo, estudantes ou hobbistas. É também uma boa maneira para desenvolvedores web que sabem PHP ou frameworks similares para começar usar ASP.NET.

  • ASP.NET Single Page Application
    ASP.NET Single Page Application (SPA) te ajuda a construir aplicações que incluem interações cliente-side significantes usando HTML5, CSS3 e JavaScript. O ASP.NET e Web Tools 2012.2 Update envia um novo template para construir aplicações single page usando knockout.js e ASP.NET Web API. Em adição ao novo template SPA, novos templates SPA criados pela comunidade também estão disponíveis para download.

Em adição aos quatro principais frameworks de desenvolvimento, ASP.NET também oferece tecnologias adicionais que são importantes estar cientes e familiarizados, mas não são cobertos nessa série de tutoriais:

  • ASP.NET Web API – um framework para construção de serviços HTTP que alcançam uma ampla gama de clientes, incluindo navegadores e mobile devices.
  • ASP.NET SignalR – uma biblioteca que torna o desenvolvimento web em tempo real fácil.

4 Revisando o Projeto

No Visual Studio, a janela Solution Explorer permite que você gerencie arquivos para o projeto. Vamos dar uma olhada nas pastas que foram adicionadas na sua aplicação na Solution Explorer. O template web application adiciona uma estrutura básica de pastas:

Figura 5 - Parte 2

Visual Studio cria alguns pastas e arquivos iniciais para seu projeto. Os primeiros arquivos que você trabalhará posteriormente no tutorial são os seguintes:

Arquivo Propósito
Default.aspx Tipicamente a primeira página exibida quando a aplicação é executada no navegador.
Site.Master Uma página que permite que você crie um layout consistente e use comportamento padrão nas páginas de sua aplicação.
Global.asax Um arquivo opcional que contém código para responder eventos appication-level e session-level levantados pelo ASP.NET ou pelos módulos HTTP.
Web.config Dados de configuração para uma aplicação.

5 Executando a Aplicação Web Padrão

A aplicação Web padrão fornece uma experiência rica baseada em suporte e funcionalidade embutidos. Sem nenhuma mudança no projeto padrão Web Forms, a aplicação está pronta para ser executada no seu navegador Web local.

  1. Aperte a tecla F5 enquanto estiver no Visual Studio. A aplicação será compilada e exibida no seu navegador Web.
  2. Figura 6 - Parte 2

  3. Quando você tiver completado a revisão da aplicação em execução, feche a janela do navegador.

Existem três páginas principais nessa aplicação Web: Default.aspx (Home), About.aspx e Contact.aspx. Cada uma dessas páginas podem ser obtidas pela barra de navegação. Existem também duas páginas adicionais contidas na pasta Account, as páginas Register.aspx e Login.aspx. Essas duas páginas permitem que você use o membership do ASP.NET para criar, armazenar, e validar credenciais de usuário.

6 ASP.NET Web Forms Background

ASP.NET Web Forms são páginas que são baseadas nas tecnologias Microsoft ASP.NET, em que cada código que executa no servidor dinamicamente gera saída de uma página Web no browser ou dispositivo client. Uma página ASP.NET Web Forms automaticamente renderiza o navegador compatível correto com HTML para características como estilos, layout, dentre outros. Web Forms são compatíveis com qualquer linguagem suportada pelo CLR (Common Language Runtime), assim como Microsoft Visual Basic e Microsoft Visual C#. Também, Web Forms são construídas no Microsoft .NET Framework, que fornece benefícios tanto como um ambiente gerenciado, tipo de segurança e herança.

Quando uma página ASP.NET Web Forms é executada, a página vai através de um ciclo de vida em que executa uma série de etapas de processamento. Essas etapas incluem inicialização, controles de instanciação, restauração e manutenção de estado, executando código de manipulação de eventos, e renderizando. Assim que você tornar mais familiarizado com o poder do ASP.NET Web Forms, é importante para você entender o ciclo de vida da página para que assim você possa escrever código no estágio apropriado de ciclo de vida para o efeito que você pretender.

Quando um web server recebe uma requisição de uma página, ele encontra a página, processa, envia para o navegador, e então desfaz toda a informação da página. Se o usuário requisitar a mesma página novamente, o servidor repete toda a sequencia, reprocessando a página a partir do zero. Dito de outra forma, um servidor não possui nenhuma memória de páginas que foram processadas – páginas são sem estado. O framework de uma página ASP.NET automaticamente manipula as tarefas de manutenção do estado de sua página e seus controles, e fornece a você caminhos explícitos para manter o estado de informação de sua específica aplicação.

6.1 Características de uma Aplicação Web nos templates de uma Aplicação Web Forms

Um template de Aplicação ASP.NET Web Forms fornece um rico conjunto de funcionalidades de construção. Não somente fornece a você com uma página Home.aspx, About.aspx, Contact.aspx, mas também inclui funções de membros que registra usuários e salva suas credenciais assim eles podem fazer login no seu website. Essa visão geral fornece mais informação sobre algumas das características contidas no template ASP.NET Web Forms Application e como eles são usados na aplicação Wingtip Toys.

6.2 Memberships

ASP.NET Identity armazena as credenciais dos seus usuários numa base de dados criada pela aplicação. Quando seus usuários fazem o login, a aplicação valida suas credenciais lendo a base de dados.
A pasta Account do seu projeto contém os arquivos que implementam as várias partes do membership (membros): registrando, logando, trocando uma senha, e autorizando acesso. Adicionalmente, ASP.NET Web Forms suporta OAuth e OpenID. Essas melhorias de autenticação permite aos usuários logar dentro do seu site usando credenciais existentes, de várias contas como Facebook, Twitter, Windows Live and Google.

Figura 7 - Parte 2

Por padrão, o template cria uma base de dados de membros usando um nome padrão de base de dados numa instância do SQL Server Express LocalDB, o servidor da base de dados de desenvolvimento que vem com Visual Studio 2013 Express for Web.

6.3 SQL Server Express LocalDB

SQL Server Express LocalDB é uma versão leve do SQL Server que tem muitas características de programabilidade da base de dados do SQL Server. SQL Server Express LocalDB executa em modo usuário e tem uma instalação rápida e sem configuração que tem uma pequena lista de pré-requisitos para instalação. No Microsoft SQL Server, qualquer base de dados ou código T-SQL pode ser movido do SQL Server Express LocalDB para SQL Server e SQL Azure sem nenhum passo de upgrade. Então, SQL Server Express LocalDB pode ser usado como um ambiente de desenvolvimento para alvo de aplicações de todas as edições do SQL Server.

SQL Server Express LocalDB habilita características como stored procedures, funções definidas de usuário e agregados, integração com .NET Framework, tipos especiais e outros que não estão disponíveis no SQL Server Compact.

6.4 Master Pages

Uma ASP.NET master page define uma aparência consistente e comportamento para todas as páginas de sua aplicação. O layout da master page funde com o conteúdo de uma página de conteúdo individual para produzir a página final que o usuário vê. Na aplicação Wingtip Toys, você modifica a master page Site.master para que assim todas as páginas no website Wingtip Toys compartilhem o mesmo logo e barra de navegação.

6.5 HTML5

O template ASP.NET Web Forms Application suporta HTML5, que é a última versão da linguagem de marcação HTML. HTML5 suporta novos elementos e funcionalidades que torna mais fácil criar Web sites.

6.6 Modernizr

Para navegadores que não suportam HTML5, você pode usar o Modernizr. Modernizr é uma biblioteca JavaScript que pode detectar se um navegador suporta as características do HTML5, e habilita caso contrário. No template ASP.NET Web Forms Application, Modernizr é instalado como um pacote NuGet.

6.7 NuGet Packages

O template ASP.NET Web Forms Application inclui um conjunto de pacotes NuGet. Esses pacotes fornecem funcionalidades de componentes no formulário de ferramentas e bibliotecas open source. Há uma ampla variedade de pacotes para ajudar você criar e testar suas aplicações. O Visual Studio torna fácil adicionar, remover, e atualizar pacotes NuGet. Desenvolvedores podem criar e adicionar pacotes ao NuGet como quiserem.

Figura 8 - Parte 2

Quando você instala um pacote, NuGet copia arquivos para sua solução e automaticamente faz quaisquer mudanças que são necessárias, assim como adiciona referencias e troca seu arquivo Web.config. Se você decidir remover a biblioteca, NuGet remove arquivos e inverte quaisquer mudanças que foram feitas em seu projeto de modo que não cause nenhuma desordem. NuGet está disponível no menu Tools no Visual Studio.

6.8 jQuery

jQuery é uma rápida e concisa biblioteca JavaScript que simplifica documentos HTML, manipulação de eventos, animação, e interações Ajax para rápido desenvolvimento web. A biblioteca jQuery do JavaScript está inclusa no template ASP.NET Web Forms Application como um pacote NuGet.

6.9 Unobtrusive Validation

Controles de validação embutidos tem sido configurados para usar JavaScript discretamente para validação de lógica do lado cliente. Isso reduz significantemente a quantidade de JavaScript renderizando inline na marcação da página e reduz o tamanho global da página. Validação discreta é adicionada globalmente ao template ASP.NET Web Forms Application baseado na configuração do elemento do arquivo Web.config na raíz da aplicação.

6.10 Entity Framework Code First

Além das características do template ASP.NET Web Forms Application, a aplicação Wingtip Toys usa Entity Framework Code First, que é uma biblioteca NuGet que habilita o desenvolvimento de código centrado quando você trabalha com dados. Simplificando, ele cria uma parte da base de dados de sua aplicação para você baseado no código que você escreve. Usando o Entity Framework, você recupera e manipula dados como objetos fortemente tipados. Isso permite que você foque na regra de negócio de sua aplicação em vez dos detalhes de como o dado é acessado.

7 Tour pelo Visual Studio

A janela primária no Visual Studio inclui a Solution Explorer, o Server Explorer (Database Explorer no Express), a Properties Window, o Toolbox, a Toolbar, e o Document Window.

Figura 9 - Parte 2

Sumário

Nesse tutorial você criou, revisou e executou a aplicação padrão do Web Forms. Você revisou as diferentes características da aplicação padrão do Web Forms e aprendeu alguns conceitos básicos sobre como usar o ambiente do Visual Studio. Nos próximos tutoriais você irá criar o DAL (Data Access Layer – Camada de Acesso a Dados).


O conteúdo desta página resulta da tradução do artigo Create the Project, escrito pelo autor Erik Reitan, originalmente presente no site do asp.net. A página correspondente pode ser conferida aqui.


2 Comentários

  1. wenisclayton disse:

    Excelente post Andrielle, muito conciso e bem explicado, eu mesmo reaprendi muito do que já havia esquecido. Parabéns

  2. Eu disse:

    Esqueceu de colocar na descrição que, além de talentos, és linda.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: